Caderno 2

Por, Bairros de Maceió - 18/04/2018

Fligraça: Prefeitura e moradores apresentam programação

O Conjunto Graciliano Ramos, na parte alta da cidade, vai sediar entre os dias 25 e 28 de abril a I Festa Literária do Graciliano Ramos (Fligraça). O evento conta com o apoio da Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac).

Nesta terça-feira (17), a programação oficial da Fligraça foi apresentada à imprensa, durante café da manhã na Associação de Moradores da comunidade.

A Fligraça, realizada a partir de uma parceria entre a Associação Cultural Lagoa do Sul e a Associação dos Moradores do Graciliano Ramos, vai promover mesas de debates, saraus literários, contação de histórias e apresentações culturais.
“Nós estamos trazendo essa festa por meio de uma associação de forças, um evento que reúne incentivo à leitura e outras artes, para marcar a agenda cultural da cidade. Na Fligraça, duas personalidades importantes que fazem parte da história serão homenageadas, como é o caso do cantor alagoano Djavan que reúne música e literatura de forma brilhante”, pontuou o diretor de Políticas Culturais da Fmac, Marcos Sampaio.

O outro homenageado é o escritor Félix Lima Júnior, autor do clássico Maceió de Outrora.

De acordo com o presidente da Associação, Edivaldo dos Santos, a ideia é inserir a Fligraça no calendário letivo das escolas da localidade. “A Prefeitura está nos ajudando a fazer essa festa literária e a expectativa é muito grande. Toda a comunidade está curiosa para saber como vai ser a festa e estamos empenhados para promover um grande evento para a comunidade do Graciliano Ramos e todos os outros maceioenses que queiram prestigiar o evento”, disse o líder comunitário.

O evento terá curadoria do produtor cultural Carlito Lima, responsável pela realização da Festa Literária do Pontal da Barra (Flipontal), realizada no passado.

“É um evento de incentivo à leitura. No Brasil se lê muito pouco e é na leitura que as pessoas se desenvolvem. O prefeito Rui Palmeira entrou em contato comigo durante a Flipontal e me pediu para organizar este ano, além do Graciliano Ramos, outras feiras nos bairros Bebedouro, Jacintinho, Fernão Velho e Ipioca”, ressaltou.

As atividades ocorrerão simultaneamente no auditório da Associação dos Moradores, na Praça Graciliano Ramos e em escolas do bairro. A cerimônia de abertura acontecerá no dia 25 de abril com as apresentações de Fernanda Guimarães e Jaques Setton.

Fonte: Secom Maceió / Foto: Marco Antônio 

Programação
 

Dia 25 de abril  (quarta-feira) -abertura

 Abertura da 1ª festa literária do Graciliano Ramos – 1ª Fligraça praça Graciliano Ramos
18:00 - recepção aos convidados  com a fanfarra do colégio geraldo melo
19:00 – cerimonial de abertura da pelo governador renan filho e o prefeito de maceió rui palmeira e a direção da AMGR
           - Hino nacional – banda de música do 59º batalhão de infantaria motorizado- exército.
           – Palavras de abertura.
20:00 – Concerto – orquestra do exército
21:00 – Show da cantora Fernanda Guimarães e Jaques Setton tributo à Djavan.

Dia 26 de abril - quinta-feira

Auditório da associação de moradores do Graciliano Ramos

09:30 – 10:00 – Abertura das palestras com  um diálogo dos atores Chico de Assis e Paulo Poeta sobre Graciliano Ramos.

10:00 – 11:00  - Mesa 1-  “Poesia e música” –  Mirian Monte

11:00  – 12:00 – Mesa 2 -" O idoso e seus direitos" – Ronny Roselly

14:30 – 15:30 - Mesa 3 -  –-"As ruas de minha cidade e Félix Lima Junior site"  - José Ademir

15:30 – 16:30 - Mesa 4 -  “ A obra de Félix de Lima jr” – Lavínia lima (neta de Félix de Lima jr)

Praça Graciliano Ramos

16:00 – 20:00 – Mamulengo  sururu
                       – Contação de história
                       – Banda de pífano fulô da chica Boa
                       – Pastoril Salvador lyra
20:00 – 21:00 – Concerto com a banda da guarda municipal
21:00 – Banda afoxé show de Nana Martins


Dia 27 de abril -sexta-feira

Auditório da Associação de Moradoes do Graciliano Ramos
 
10:00 – 11:00 – Mesa 5 – “A crítica literária e a cidade” – Wagner Ávlis

11:00 – 12:00 – Mesa 6 – “A mulher e a literatura” – Vânia Cavalcanti Lima

14:30 – 15:30 - Mesa 7  - “Literatura infantil - contos que encantam” – Alife Jorge Moraes Marinho

15:30 – 17:00 - Mesa 8 -  “Obra e música de Djavan” – Maria de Lourdes, Diógenes Tenório de Albuquerque Jr. e Adélia Amorim

Praça Graciliano Ramos

16:00 – 20:00 – Sarau de poesia
                       – Coco de roda
18:00 – 19:30 – Seresteiros São Vicente
19:30 – 21:00 – Concerto – banda da polícia militar


Dia 28 de abril -  sábado

Auditório
 
09:00 – 10:00 - Mesa 9  - “Literatura e arte” - Priscila

10:00 – 11:00 – Mesa 10  – “O poder econômico e o poder político ” – Radjalama Cavalcante
 
11:00 - 12:00  - Mesa 11 –””Literatura, memória e cultura” – Gustavo Leão.
 
14:30 – 15:30 – Mesa 12 -–“"O exército no contexto atual do Brasil” – Cel. Nilton Moreira – Cmt  59º Bim

15:30 -16:30 – Mesa 13 -  "Vida e obra de Félix Lima Júnior” – Luiz Gutemberg

17:00 - 18:00 - Encerramento da  Iª Festa literária do Graciliano Ramos – 1ª Fligraça  - entrega de prêmios

Praça Graciliano Ramos

16:00 – 20:00  – Contação de histórias
                    – sarau poético
                    – Banda de pífano Fulô da Chica Boa
20:00 – 21:00 – Concerto com a banda do corpo de bombeiros
21:00            – Show com Jean Vieira e Natalinha Marinho ( cantando Djavan)


Programação arte  e cultura na praça
( quarta-feira, quinta feira - sexta feira e sábado à noite)

9:00 - 22:00 - Feira de cultura e livro
9:00 - 22:00 - Exposição de pintura e fotografia

9:00 – 22:00
Sarau de poesia
Teatro de rua
Feira de cultura
Artesanato
Gastronomia
Concerto - banda filarmônica
Seresta
Folclore
Shows

Festa literária nas escolas do Graciliano Ramos

Cada escola realizará uma festa literária durante uma quinta-feira e sexta-feira, com o tema sobre literatura e incentivo à cultura, não esquecendo alguma referência aos homenageados.

Concurso de contos. (Cada escola será responsável pelas festas internas das escolas, com muita criatividade)

 

 

Continue navegando...

Bairros de Maceíó © 2002-2017

Curiosidade

Treze vezes vencedor do prêmio Notáveis da Cultura Alagoana - Prêmio ESPIA.

"Uma cidade que não tem memória é uma cidade sem alma. E a alma das cidades é sua própria razão de ser. É sua poesia, é seu encanto, é seu acervo. Quem nasce, quem mora, quem adota uma cidade para viver, precisa de história, das referências, dos recantos da cidade, para manter sua própria identidade, para afirmar sua individualidade, para fixar sua municipalidade." Extraído do livro Maceió 180 anos de história 5 de dezembro de 1995.

Top