Caderno 2

Por, Bairros de Maceió - 07/09/2017

Prefeitura de Maceió participa do lançamento da Bienal do Livro

O prefeito em exercício Marcelo Palmeira participou, na manhã desta quarta-feira (6), do café da manhã de lançamento da programação da 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas. A Prefeitura de Maceió é parceira da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) na realização do evento.

Sobre a Bienal, Palmeira ressaltou a importância do apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), na realização da 8ª edição do evento em Alagoas.
Da esquerda para a direita: superintendente do Sebrae-AL, Marcos Vieira, presidente da Fmac, Vinícius Palmeira, reitora da Ufal, Valéria Correia, prefeito em exercício, Marcelo Palmeira, e o secretário municipal de Comunicação, Clayton Santos. “A Bienal é uma agenda consolidada na cidade de Maceió e vem crescendo a cada ano em todo o estado. A Prefeitura sempre apoia esse tipo de iniciativa e quando há estímulos para a produção cultural o grande público é garantido”, comemora o prefeito em exercício.

A secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dórea, reitera que a parceria com a Ufal é muito importante e trará benefícios para a cidade. Durante toda a programação, 54 escolas da rede municipal visitarão a Bienal. Serão mais de 6.800 alunos participando de todos os nove dias de evento.

“A Semed participa da programação com um espaço para discussões e trocas de experiências, que é a nossa biblioteca móvel Estação Saber. Além da visitação, este ano, mais uma vez, teremos o incentivo municipal do Vale Livro, que dá aos alunos a oportunidade de levar alguns exemplares da feira para casa”, explica a secretária.

Estudantes da rede pública terão acesso a alguns títulos de forma gratuita por meio do Vale Livro e a reitora da Universidade Federal de Alagoas, Valéria Correia, celebra essa iniciativa democrática, que é um direito do cidadão.

“Diante da crise financeira presente em todas as instituições públicas, a união com o executivo municipal foi decisiva para a realização de um evento tão importante para a disseminação da cultura local”, frisou a reitora.A Bienal Internacional do Livro de Alagoas é a única, em todo o Brasil, promovida por uma universidade pública. Com debates acadêmicos, culturais e literários, neste ano, o evento terá ênfase na conjuntura política e social nacional, além dos 200 anos da emancipação política de Alagoas.“Esse é um evento tradicional e já esperado no calendário acadêmico dos estudantes alagoanos. Estamos apresentado hoje a nossa programação que está repleta de palestras, atividades, oficinas e seminários que ocorrem paralelamente ao evento Bienal, que é a feira de livros”, informa Osvaldo Maciel, diretor da Editora Universidade Federal de Alagoas (Edufal).

A abertura do evento acontece no dia 29 de setembro, a partir das 18h, no Centro Cultural e de Exposição Ruth Cardoso. A programação oficial tem início no dia 30 de setembro e vai até 8 de outubro, das 10h às 22h.

Camila Barbosa (estagiária) e Cayo Borges/ Secom Maceió /  Crédito da foto: Pei Fon

 

Continue navegando...

Bairros de Maceíó © 2002-2017

Curiosidade

Treze vezes vencedor do prêmio Notáveis da Cultura Alagoana - Prêmio ESPIA.

"Uma cidade que não tem memória é uma cidade sem alma. E a alma das cidades é sua própria razão de ser. É sua poesia, é seu encanto, é seu acervo. Quem nasce, quem mora, quem adota uma cidade para viver, precisa de história, das referências, dos recantos da cidade, para manter sua própria identidade, para afirmar sua individualidade, para fixar sua municipalidade." Extraído do livro Maceió 180 anos de história 5 de dezembro de 1995.

Top